Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

ESTOU COMENDO MINHA FILHA DE 22 ANOS

Por: Giltozzi - Categoria: Incesto

       EMeu nome é Sílvio. Eu e meu concunhado Valdir fizemos a cirurgia de vasectomia no mesmo dia, no mesmo consultório e com o mesmo médico. Eu estava com 38 anos e meu cunhado com 40. Ambos tínhamos filhos e não queríamos outros, possibilitando que nossas esposas (Clara e Roseli) dispensassem anticonceptivos e o que era melhor, que as transas pudessem ser mais tranquilas, mesmo aquelas fora dos casamentos. Acontece que eu comia minha cunhada Roseli pois éramos amantes havia dois anos. A recomendação do médico era para que eu e Valdir fizéssemos exames de espermograma dali a duas semana para ver se havia dado tudo certo e dali para a frente não mais engravidaríamos nenhuma mulher. Analisados os exames o doutor pediu que eu esperasse mais 15 dias antes de ejacular dentro de uma mulher. Saudoso da buceta de Roseli, saímos uma manhã e fodemos gostoso como sempre, só que desta vez eu à vontade para gozar dentro dela, mesmo sabendo que havia a necessidade de novo espermograma e esperar um pouco mais. Resultado: minha cunhada engravidou e meu cunhado ficou puto da vida com o médico pensando até em processá-lo. Novo exame de Valdir que constatou que a cirurgia fora bem sucedida e o médico informou que possivelmente Valdir não havia respeitado o prazo prescrito. Ele eu não sei, mas eu não respeitei o prazo, pois trepei com Roseli 15 após ter sido vasectomizado. Valdir e Roseli tinham já dois filhos e concordaram em ter o terceiro, ela acreditando que a criança seria do marido.
       E nasceu Marisa, uma menina que com o passar dos meses se revelou muito bonita mas diferente dos irmãos. E o que é pior, a cada dia ela mais se parecia com minha filha Carla, parecendo irmã de Carla. Eu e Roseli tínhamos certeza que Marisa era minha filha e mantivemos o segredo através dos anos. Claro que dos sobrinhos todos aquela que eu mais gostava e paparicava era Marisa que ficava cada dia mais bonita de rosto e de corpo. Adolescente ainda Marisa já demonstrava que seria uma linda mulher pois era magra, pernas compridas, cabelos lisos e longos e uma boca tremendamente sensual. Eu não cansava de admirar Marisa, orgulhoso por saber que ela era sim minha filha, ainda que jamais nem eu nem Roseli pensássemos em um exame de DNA para comprovar isso. E Marisa não saía de minha casa porque adorava a tia Clara. Por estar terminando o curso de Medicina e a faculdade ser perto de nossa casa, Marisa chegava até a dormir em nossa casa e nossa intimidade foi aumentando cada vez mais. Eu, aos 60 anos, há tempos deixara de transar com minha cunhada Roseli e mesmo com Clara as coisas estavam cada vez mais devagar. E Marisa quase sempre em casa, à vontade, com os shortinhos que gostava de usar mostrando as linda coxas e o bustiê que tornavam seus seios uma tentação. Mas o que mais me atraía em Marisa era sua boca e quantas vezes me contive para que o beijo nas faces não esbarrasse nos lábios de minha sobrinha-filha.
       Passei a notar que Marisa sempre dava um jeito de estar perto de mim nas ausências de minha mulher. E que suas atitudes passaram a ser verdadeiramente de provocação, como sentar na minha perna como fazia quando menina, só que agora passando o braço sobre meu ombro e deixar seus seios ali pertinho do meu rosto. Era eu estar sentado no sofá e lá vinha Marisa com seu jeitinho sentar na minha perna, acariciar meus cabelos, me provocar de propósito. Certo dia ela me disse: “Tio, vou lhe contar um segredo: se o senhor não fosse meu tio eu iria querer dar para o senhor. Sinto essa vontade”. Enlacei Marisa, beijei sua boca como sempre quis fazer, acariciei seus seios com uma das mãos e senti ela enfiar a mão por dentro da bermuda que eu usava e segurar meu pau que estava duro de tesão. Então me afastei um pouco de Marisa e, ainda com ela em meu colo, disse que iria lhe contar uma história e relatei os fatos de antes de ela nascer.
       Eu pensei que após ouvir minha narrativa Marisa fosse esfriar no seu desejo de foder comigo, mas eis que ela procurou meus lábios e me deu um beijo que parecia não ter fim, com nossas línguas travando uma luta de desejos. Clara só retornaria à noite e carreguei minha filha-sobrinha no colo para nosso quarto. Tirei sua roupa e ela pediu para tirar a minha e quando abaixou minha cueca abocanhou meu pau chupando-o como se daquilo dependesse sua vida. Meu pau entrava e saia na boca de Marisa cada vez mais rapídamente e tive que pedir a ela para parar. Ela se deitou e suas maravilhosas e longas pernas se abriram e foi a minha vez de chupar sua buceta fazendo-a delirar de prazer. Ela pediu para eu meter meu pau nela, o que fiz com prazer e nem bem ele a penetrou e Marisa passou a se mexer com uma força e violência que não imaginava que tivesse, levantando meu corpo que estava sobre ela, sempre com meu pau na bucetinha da minha filha e nossas bocas coladas.
       Gozamos juntos e não me contive dizendo: “Minha filha, como você fode gostoso. Quero te comer sempre. Meter meu pau nessa sua buceta gostosa e beijar sua boca sempre, minha filha”. Marisa respondeu: “Papai, sempre quis chamá-lo de papai, também. Quero que você meta comigo mil vezes. É uma delícia saber que meu pai está me fodendo”. Naquela semana metemos mais três vezes e entre as promessas que Marisa fez, uma delas foi a de que jamais se casaria pois queria que eu fosse seu único homem, seu pai e seu amante. Nem Clara, nem Valdir, nem Roseli, nem ninguém da família jamais soube que eu e minha filha-sobrinha éramos amantes. E jamais desconfiariam disso também, o que nos protegia e nos dava mais possibilidades. O tesão maior vinha justamente do fato de ambos sabermos que éramos pai e filha e que o que fazíamos tinha o nome de incesto. Um delicioso incesto.

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto
foto avatar usuario Giltozzi
Por: Giltozzi
Codigo do conto: 18960
Votos: 2
Categoria: Incesto
Publicado em: 04/12/2020

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login



Mais contos desse usuario

TIO VALDEMAR COMENDO MINHA ESPOSA

QUASE CORNO: UM CONTO MÓRBIDO

UMA SEMANA COM O PINTOR ME COMENDO

GOL DE PLACA NA MINHA SOGRA

O VIZINHO VIOLONISTA COMEU MINHA MULHER

O COROA TARADO COMEU MINHA MULHER

EXAME DA OAB E MEU PRIMO DEU AULA LÁ EM CASA

COMENDO A DIARISTA DA PRAIA

AMOR SÓ DE MÃE E COMO É BOM!

MEU CUNHADO COMENDO O CU DA MINHA MULHER

MINHA PRIMA BEBEU SEM MODERAÇÃO E EU ENTREI EM AÇÃO

O PADRE QUE GOSTAVA DE LEVANTAR A BATINA

REPRESENTANTES COMERCIAIS REALIZAM ‘LUA-DE-MEL’

O CORRETOR ‘PEGOU’ DONA CLÁUDIA

COMO O TENENTE VIROU CORNO

UM TEMPORAL NO GUARUJÁ ME FEZ VIRAR CORNO!

EU, AMANTE DE MINHA AVÓ DE 68 ANOS

O ELETRICISTA SE LIGOU NA MINHA MULHER

OS TIOS COROAS SÃO OS MAIS PERIGOSOS

COMO ME TORNEI BISSEXUAL

MINHA TIA LETÍCIA PAGANDO O QUE ME DEVE

AS APARÊNCIAS ENGANAM E COMI A PROFESSORA DE HISTÓRIA

DOIS CUNHADOS E UMA DUPLA PENETRAÇÃO NA CUNHADA

A SEXÓLOGA ENSINOU E MINHA MULHER ME COMEU

CHEGOU A MINHA VEZ DE COMER O CU DA MINHA CUNHADA

EUNICE, MINHA VIZINHA, ATÉ QUE NÃO É DE SE JOGAR FORA

EU E RAQUEL CONSOLANDO NOSSO AMIGO RAFAEL

O PADRASTO COMEU A ENTEADA E A MADRASTA DEU PARA O ENTEADO

O VIZINHO VOYEUR E MINHA ESPOSA SONIA

MEU SOBRINHO VAI JOGAR NA ESPANHA E APRENDEU ESPANHOL COM MINHA MULHER

MEU CUNHADO COMEU MEU CU NA CHÁCARA

MEU CUNHADO ME VESTE COM ROUPAS DE SUA ESPOSA E ME COME ASSIM

MEU COLEGA DE TRABALHO CONQUISTOU E COMEU MINHA MULHER

O MOÇO DA OPERADORA VEIO FAZER A INSTALAÇÃO E MEU MARIDO VIROU CORNO

MARCOS, MEU IRMÃO, COMEU MINHA MULHER

COMO MINHA MULHER APRENDEU A DAR O RABO

JAIRO, CASADO, 48 ANOS, DEU O CU PRA MIM

O CRUEL DILEMA DE UM CORNO

EU E MINHA IRMÃ, UM AMOR DELICIOSAMENTE PROIBIDO

EU E MINHA IRMÃ, AGORA ME DANDO TAMBÉM SEU RABINHO

30 ANOS DEPOIS OS PRIMOS VOLTAM A SE COMER

MEU AMIGO ARROMBOU O CU DE MINHA MULHER

APRENDI A TOCAR VIOLÃO SENTADO EM UMA ROLA

MINHA ESPOSA SAINDO TODO DIA... MEU CUNHADO COMENDO ELA

VALTER PLANTANDO A PALMEIRA NA NOSSA CHÁCARA E NA MINHA MULHER

O COLEGUINHA QUE ME DAVA O CU TODOS OS DIAS

CLÁUDIO, O RAPAZ DA BUNDA MAIS LINDA QUE EU JÁ VI

MINHA JOVEM SOBRINHA DA BUNDINHA CARNUDA

CARLINHOS, TÉCNICO EM ALARME E EM OUTRAS COISAS

O ENCONTRO A SEIS QUE VIROU SWING

TROCA DE CASAIS IMPERFEITA

O NAMORADO DE MINHA MÃE ME COMEU

PASSEI A SER O NAMORADO DE MINHA MÃE

EU E MEU PRIMO NA BANHEIRA DE CASA

A SURUBA A SEIS QUE VIROU SWING

O FOTÓGRAFO QUE COME MINHA MULHER

DONA ODETE, A MADURA CASADA QUE ME INICIOU

NESTA FAMÍLIA NINGUÉM PERDOA NINGUÉM

CASAIS DE CUNHADOS MORANDO JUNTOS É UM PERIGO!

DEMOROU MAS ACONTECEU: UM AMANTE PARA MINHA MULHER

OS CUNHADOS QUE SE TORNARAM AMANTES

A PRIMEIRA VEZ DE MINHA MULHER COM OUTRO HOMEM

O FILHO DE SEU TONHO COMENDO O ADVOGADO

A PRIMEIRA VEZ QUE SE DÁ O CU JAMAIS SE ESQUECE

MEU GRANDE AMIGO COMEU MINHA MULHER

CORNO NO ‘MÉNAGE A TROIS’

VINTE ANOS COMENDO MINHA MÃE


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2021 - Contos.hotline23.ru - Todos os direitos reservados


casa dos conto gaycontos zofilialesbicas casa dos contos eroticoscasa dos contoseróticoscassdoscontoscasas dos contos eróticoscontos eróticos categoriaconto erotico negracontos ericontos professoraconto zoocontos eroticos zoocasa contos eroticostop contos eroticoscasa dos conto eróticocontoeroticos comcontoseróticoscasa contos eroticoscasa de contos eróticostravesti contoscontos eroticos de incestoscontos crentescasacontoscontos cornoscdzinha contoscontos eroticos zoocontos eroticos incestoconto erótico travesticontos eroticos calcinhacontos eróticos ultimoscontos eróticos sadocontos pornos com fotoscontos reais de cornosconto erotico casa dos contoscontos da tifanycontos eróticos com gordinhascaa dos contoscontos eroticos bicasa dos contocontoseróticosincestocasa doscontoseróticoscontos eroticos crossdressercontos eróticos bizarroscasa de contos eroticoswww.casadoscontoscontos eroticos incestocontos sadoconto erotico grupalcontos eróticos com travesticontos eroticos fetichesrelatos eroticos com fotoscontos eroticos vovocontos exibicionistascontos eróticos de incestoultimo conto eroticocasadiscontosconto erótico categoriacasa conto eróticocontos eroticos o maiorcasa dos contos cornocategoria:incestocasados contoscontos eróticos comi minha sogracasadoscontoacontos eroticos transconto erotico casacontos eroticos de incestoscontos bisexconto porno com fotosconto erotico ultimosconto erotico casa dos contoscasas dos contos eroticosrelatos de cornocasadoscontoshistorias de sexo incestocasa conto eróticocontos eroticos bem dotadocontos de incestocontos eroticos com fotoscasa dos contos eroticos ultimoscasa dos.contos eróticoscontos eroticos zoofiliaprazeres insanoscontos porno cornomelhores contos eroticoscontos eroticos padrescontoerotico ultimoscasadiscontoswww casa dos contos com bra casa dos contos eroticoscontos eroticos fantasiawww.casadoscontos.com.brcontos eroticos zoofiliacontos eróticos lésbicascasa doa contos eróticoscontos eroticos zoowww casadoscontos comultimos casa dos contos gaycontos eróticos gay últimosconto no onibus